terça-feira, 22 de março de 2016

Artigo - Sangue & Pizza

Seria inteligente, patriótico, honesto e coisas do gênero se a mídia e os políticos trabalhassem para deixar claro que vivemos duas sérias crises:
a) Impeachment de ocasião, cuja condução cabe ao Congresso e que atinge diretamente dona Dilma;
b) Operação Lava Jato, cujo objetivo é a prisão dos pilantras e a devolução dos bilhões roubados – imbróglio em que o senhor Lula e outros personagens famosos encontram-se entalados até ou além do pescoço.

Deliberadamente, para confundir a opinião pública e blindar os ladrões, os malandros misturaram as “crises” e, assim, tudo parece a mesma coisa – o que não é!



À imprensa e aos políticos, parecem interessar a radicalização e a ignorância das quais decorrem as discussões partidárias, acaloradas, contraditórias, oportunistas, sem norte, perigosas pelas consequências funestas que podem acarretar: sangue e pizza... Neste cenário, o que, de fato, interessa ao país: a saída de Dilma ou o enjaulamento dos ladrões velhos e novos: Sanguessuga, Navalha na Carne, Banestado, Lava Jato, Zelotes, BNDES e do que só Deus sabe?




Não tenho dúvidas da resposta da MAIORIA do povo brasileiro; o que se lamenta, contudo, é que não seja esse o interesse do PT, PMDB, PSDB, coligados e demais radicais ainda livres...
Vivemos um momento que estabelecerá um marco na História do Brasil – ainda é tempo de os políticos escolherem o lado certo.

______________________

Notas:

a) artigo escrito em referência à postagem do deputado federal Chico Alencar no Facebook em 21/3/2016 (Veja transcrição abaixo), a respeito dos comentários da atriz Monica Iozzi, Veja 
http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/2016/03/10001066-nao-sou-petista-mas-tambem-nao-sou-cega-opina-monica-iozzi-sobre-crise-politica.shtml?cmpid=twfolha - Acesso em 22/3/2016.

b) Transcrição do texto Chico Alencar postado às 11h30, do dia 21/3/2016 - https://www.facebook.com/chicoalencar/?ref=ts&fref=ts.

"MONICA IOZZI SOBRE A CRISE POLÍTICA
Monica Iozzi apresentou ao público nas últimas semanas sua versão mais séria e politizada. A atriz e ex-apresentadora do "Vídeo Show" (Globo), que costumava aparecer nos Trending Topics por suas tiradas, tem gerado polêmica pelo posicionamento político adotado nas redes sociais.
Ao lado de Letícia Sabatella e Daniel Dantas, ela gravou um "vídeo-convite" para a manifestação "contra o golpe" da última sexta (18).
...
Ao "F5", Monica afirma que o atual debate político é superficial e improdutivo: "Precisamos parar com esse comportamento de torcida organizada. O país parece estar dividido entre "petralhas" e "coxinhas". Ela diz que gravou o vídeo como um convite à discussão e destaca o caráter apartidário do ato. "A ideia não é abonar as ações do PT, mas cobrar que todos os partidos sejam investigados e julgados de maneira imparcial e justa".
Sobre a crítica que fez aos brasileiros que "se informam apenas pelas manchetes do Jornal Nacional", a atriz afirma ter mencionado o telejornal por ser o de maior audiência no país. "Minha intenção com aquele post foi questionar como as pessoas se informam. Não sejamos ingênuos, não existe imparcialidade na imprensa".
Monica defende a pluralidade nos meios de comunicação e conta que lê diariamente vários jornais e revistas. "Precisamos nos cercar de toda informação possível, todo veículo pertence a alguém ou a um grupo que tem seus ideais, princípios e interesses".
E continua: "A imprensa tem que divulgar da mesma maneira as acusações sofridas pelo PT, PSDB, PMDB e outros. O que não acontece. Não sou petista, mas também não sou cega".
Para atriz, que voltará à televisão ao lado de Tony Ramos em "Advogada do Diabo", próxima série da Globo, é o "debate raso e tendencioso que vem alimentando a atual atmosfera de ódio, preconceito e intolerância no país".

Um comentário:

  1. Muito bom Paulo!Não resisti e optei por me atrasar para ler!Como tudo que você produz,excelente!

    ResponderExcluir